21 set 17

Depressão acima dos 50 anos: como evitar

Depressão acima dos 50 anos: como evitar

Ahh, a virada dos 50 anos! Momento em que a gente amadurece de verdade, se sente mais segura das decisões e da vida. Mas também um momento em que muitas coisas acontecem ao mesmo tempo. A depressão acima dos 50 anos é muito comum justamente por isso.

Depressão acima dos 50 anos

Quem tem filhos os vê saírem de casa, muitas vezes quem está casado às vezes percebe que o casamento não vai bem, e se separa. Existe a síndrome do ninho vazio, que explica sobre isso. E mais: quando a pessoa tem depressão acima dos 50 anos, especialmente a não tratada, aumenta o risco de desenvolver a doença de Alzheimer. A conclusão é de uma meta-análise de pesquisas envolvendo 50 mil pessoas, publicada no British Journal of Psychiatry. O brasileiro Breno Satler Diniz, colaborador do Laboratório de Neurociências do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da FMUSP, é um dos principais autores.

Ele explica: “Depressão não é uma doença benigna que afeta apenas o humor, mas uma doença com consequências sérias”, alerta. A depressão eleva os níveis de cortisol, que age sobre o hipocampo, em áreas responsáveis pelo aprendizado e memória de curto prazo. Além disso, ela produz inflamação crônica que afeta os vasos sanguíneos do cérebro e reduz substâncias que protegem os neurônios”. Portanto, é preciso tratá-la, se você estiver passando por isso! Não é frescura… Principalmente neste setembro amarelo, faço esse alerta.

A psicóloga Karina Fukumitsu traz uma questão importante também: ela diz que precisamos encontrar o que realmente gostamos de fazer, quem somos de verdade. “Passamos muito tempo fora de nós mesmos e distantes de nossas reais necessidades. A exigência de termos que nos encaixar em estereótipos de que somos felizes e bem-sucedidos é o que nos torna reféns de mais exigências”.

Retomada

Também já vi pessoas que seguiram anos de carreira em uma empresa jogarem tudo ao alto nessa hora e começarem uma carreira nova, um projeto diferente…

grupo de amigos

Pesquisando esses dias vi que o psiquiatra Daniel Martins de Barros lançou recentemente um livro ótimo, Pílulas de Bem Estar. Nele, ele elenca várias coisas que podem nos fazer felizes a partir dos 50 anos, e nos levar a envelhecer de forma mais natural, com alegria. Longe da depressão.

pilulas de bem estar

Dicas para afastar a depressão acima dos 50 anos:

– Ser otimista

– Estudar (ou pesquisar, ler…)

– Permanecer casado

– Buscar a autonomia e a independência

– Comer menos

– Ter amigos

– Imitar a formiga e…trabalhar!

– Ter um bicho de estimação

– Fazer sexo

– ter fé

– Alimentar-se como os gregos

– Usar fio dental (sim, várias pesquisas o relacionam a uma vida longa!).

Eu acrescento boas conversas, principalmente com pessoas idosas. Isso pode até fazer sua mãe viver mais!

E agora quero saber: o que você acrescentaria nessa lista? O que tiraria?

Depressão acima dos 50 anos: como evitar
5 (100%) 1 vote

DEIXE UM COMENTÁRIO

A Arte em frascos de Perfume
Anasuil Foto

Por vezes ouvi que sou muito criativa e visionária no universo da perfumaria, no qual tenho mais de 30 anos de experiência. Hoje, estou à frente da marca própria AnaSuil e continuo à frente das lojas Suil, Vent Vert e Calèche. Neste blog trago os temas de perfumes, casa, beleza, detalhes, lançamentos, clássicos e experiências. Tudo sob o olhar atento das mulheres 50 Bem +, um mundo do qual me orgulho por fazer parte. Espero ter você aqui comigo sempre!

Anasuil

São Paulo | Brazil

Instagram