03 abr 18

A volta dos trabalhos manuais

A volta dos trabalhos manuais

O gosto por fazer trabalhos manuais como o crochê e o tricô voltou! Fico tão feliz! Esses trabalhos que foram banidos na geração dos anos 1970 e 1980 e daí em diante, hoje voltam com muita força. São  um resgate do passado, porém sob uma ótica contemporânea, alegre e especialmente terapêutica, contando com espaços verdadeiramente aprazíveis para deliciosos encontros.
Amoooo!

Imagine um vestido de crochê, ou de tricô, todo feito por alguém que levou dias com agulhas nas mãos! Sim, é esse tempo e essa dedicação – que hoje são tão raros – que trazem essa atividade de volta. Muita gente tem percebido o quanto o crochê e o tricô desestressam… E existem vários cursos para quem quer aprender a fazer, também!

Basta comprar as agulhas e abrir o Youtube e você vai encontrar várias aulas gratuitas como essa, com várias dicas!

Dicas para iniciantes no crochê ou no tricô ou bordado:

– Comece com uma toalhinha simples, nada muito grande. Assim você vai se animando e fazer algo que toma mais tempo!

– Deixe o telefone longe, e qualquer distração também. Pode olhar no Youtube um tutorial, mas não caia na tentação de ficar olhando o whatsapp nessa hora. Senão o trabalho não rende!

– Faça coisas que você gosta, e depois você vai se animando a fazer presentes para as amigas e sobrinhos, netos… Mas não pegue empreitadas maiores para ajudar as pessoas, pelo menos no início, não se cobre muito!

coração-de-tricô

Coração de tricô: fácil de fazer

Assar pães e bolos faz bem para a mente

mulher-fazendo-biscoitos

Fazer biscoitos pode ser tão prazeroso quanto benéfico para acabar com a depressão

Se você é daquelas que acha que não tem o menor talento para fazer trabalhos manuais, que tal ir à cozinha para desestressar? Assar pães e bolos ou bolachas pode te dar vários benefícios psicológicos.

“Cozinhar e assar bolos ou biscoitos deixa a pessoa dar vazão à criatividade”, cita a professora de ciências psicológicas e cerebrais da Boston University, Donna Pincus.

biscoitos-saborizados

biscoitos saborizados expressam afeto

“Vários estudos científicos confirmam a ligação entre expressão criativa e o bem-estar geral. Pintura, aulas de música ou preparar um bolo podem fazer com que as pessoas reduzam seu estresse quando têm alguma forma de dar vazão à sua criatividade.”

Na verdade, quando assamos um bolo ou biscoitos para outras pessoas, transmitimos nossos sentimentos e emoções, colocamos carinho e amor na comida. A comida se torna um belo presente, um gesto de afeto.

Principalmente para quem tem dificuldade de expressar sentimentos em momentos dolorosos como a perda de uma pessoa, ou em momentos de correria como o nascimento de um bebê, pode sim assar um pão ou biscoitos e levar.

Sabe quando as palavras são pouco para expressar os sentimentos? “Em muitas culturas, a comida realmente representa uma expressão de amor. Se ela é oferecida lado a lado com palavras, é uma coisa positiva e maravilhosa”, diz Julie Ohana, assistente social médica e terapeuta que trabalha com artes culinárias.

Atenção plena

bolo-de-morango-blog-anasuil

Bolo de frutas

“Assar pães, bolos ou bolachas exige que pensemos passo a passo e sigamos as etapas do aqui e agora, mas também exige que se pense nas receitas como um todo. Pensamos no que você vai fazer com elas, em quem vai consumir aquele prato, o momento em que você vai compartilhá-lo com alguém. Por isso, preparar bolos é uma maneira muito boa de desenvolver aquela consciência equilibrada do momento e do contexto mais amplo”, diz Ohana.

Trabalhos manuais para sair da depressão

Mulher-feliz-ao-sol

Felicidade é expressar afeto

Assar pães e bolos, prepará-los com carinho elimina os pensamentos negativos também. “Enquanto cozinha, você não remói pensamentos que levam à depressão e à tristeza, pois está fazendo algo produtivo”, diz Ohana.

No mínimo, os trabalhos manuais se tornam um presente para quem recebe. Para quem dá de coração, é uma atitude tão benéfica e reconfortante que pode superar condições como a depressão, dizem os estudiosos. O que você acha disso? Conta aqui sua experiência pra mim?

Leia também: Solidão – dicas para acabar com ela

Isabella Rossellini é recontratada aos 65, depois de ser demitida por estar “velha” aos 42

A volta dos trabalhos manuais
5 (100%) 1 vote

DEIXE UM COMENTÁRIO

A Arte em frascos de Perfume
Anasuil Foto

Por vezes ouvi que sou muito criativa e visionária no universo da perfumaria, no qual tenho mais de 30 anos de experiência. Hoje, estou à frente da marca própria AnaSuil e continuo à frente das lojas Suil, Vent Vert e Calèche. Neste blog trago os temas de perfumes, casa, beleza, detalhes, lançamentos, clássicos e experiências. Tudo sob o olhar atento das mulheres 50 Bem +, um mundo do qual me orgulho por fazer parte. Espero ter você aqui comigo sempre!

Anasuil

São Paulo | Brazil