15 jul 19

Boucheron: a história de um aprendiz apaixonado por joias

Boucheron: a história de um aprendiz apaixonado por joias

O início da história da joalheria Boucheron remonta ao ano de 1844, quando o garoto de 14 anos chamado Fréderic Boucheron começou a trabalhar como aprendiz do joalheiro Jules Chaise.

A paixão pelas joias Foi o início de uma grande carreira do habilidoso jovem, que pouco tempo depois estaria ao lado do famoso joalheiro do palácio real, Tixier Deschamps. Em 1858, o experiente aprendiz abriu o seu próprio negócio e com 28 anos de idade abriu sua primeira loja na Galerie de Valois no Palais Royal, centro de Paris.

Boucheron

Nove anos depois, ele conquistou sua primeira medalha de ouro na Exposição Internacional de Paris pela qualidade de suas criações. O estilo inovador de suas criações o recompensou com a medalha de ouro, um prêmio que se repetiu na Exposição de 1878.

Entre os anos 1890 e 1900 participou em várias exposições nacionais em Viena, Antuérpia e Filadélfia. Reconhecido como um excelente joalheiro, conquistou vários prêmios. Amante da natureza, Fréderic foi um dos primeiros a criar joias reproduzindo flores e animais, e a serpente se transformou em ícone da marca.

Uma marca que conquistou a realeza

Em 1893, Fréderic abriu a segunda joalheria na Place Vendôme, o quadrilátero mais luxuoso de Paris. Uma lenda conta que ele escolheu instalar a loja no número 26. O motivo: aquele era o espaço mais ensolarado da praça, e assim os diamantes brilhariam muito mais quando expostos.

Boucheron - Place Vendome - blog anasuil

Luxuosa e opulenta, a Joalheria ganhou uma decoração sofisticada com forração em veludo e cristais, atraindo rapidamente uma prestigiosa clientela. A Família Real Inglesa (a Rainha Elizabeth é uma colecionadora de joias da marca), o Czar Alexandre III, tradicionais famílias americanas como os Astors, Vanderbilts e Rockefellers…

Greta-Garbo - Boucheron - blog anasuil

Além das atrizes do início do século passado Sarah Bernhardt, bem como atrizes do cinema Greta Garbo, Rita Hayworth, Marlene Dietrich, e escritores como Oscar Wilde e Marcel Proust.

A segunda geração da família Boucheron

Em 1902 Frédéric, o Joalheiro da Cidade Luz, como ficou conhecido, morreu. Seu filho Louis assumiu o comando da empresa, dando continuidade ao trabalho do pai. Um ano depois ele inaugurou uma loja em Londres e um escritório de vendas em Nova York.

Nos anos seguintes, muitos marajás, milionários e celebridades se tornaram clientes da prestigiada joalheria Boucheron. Em 1959, com a morte de Louis, seus dois filhos, Fred e Gerard, assumiram o comando da empresa. No mesmo ano, Edith Piaf, uma das maiores cantoras francesas e cliente fiel da marca, comprou um luxuoso relógio da marca para presentear o grande amor de sua vida, Marcel Cerdan.

Histórias das mil e uma noites

1878-Serpent-Necklace-Boucheron

Por causa do seu excelente relacionamento com o império britânico não demorou muito para a casa Boucheron ganhar prestígio no nas índias e no Oriente. Uma das histórias mais curiosas conta que em 1928 o Marajá de Patiala estava hospedado no Hotel Ritz em Paris.

Em uma visita à joalheria da Place Vendôme entregou a incrível quantidade de sete mil diamantes e mil e quinhentas esmeraldas para serem transformadas em joias, o que originou 149 peças entre tiaras, braceletes, anéis entre outras joias.

A história de uma magnífica joia

Em 1919 a casa Boucheron recebeu a encomenda de uma tiara de uma famosa senhora da sociedade inglesa, Margaret Greville. A magnífica joia em platina com diamantes e esmeraldas, com um cabochão central de 93,70 quilates em estilo ‘kokoshnik’, ficou famosa entre as famílias reais da Europa na corte imperial russa, no século XIX. Em 1937 a famosa dama usou a tiara num concerto em Londres, e após este evento nunca mais foi vista.

Boucheron - blog anasuil

Em 1942 a Sra. Greville faleceu deixando sua enorme coleção de joias, incluindo a tiara, para a Rainha Elizabeth I. Quando a rainha-mãe faleceu em 2002, a rainha Elizabeth II herdou as joias que foram incorporadas à já existente coleção da soberana.

Após mais de 80 anos sem ser vista em público, a magnífica tiara Greville foi usada pela princesa Eugenie, neta da Rainha Elizabeth II, na cerimônia de casamento na capela de St. George.

boda-real-princesa-eugenia-tiara-2.jpg

O primeiro perfume da Boucheron

Em 1988, a marca lançou sua primeira fragrância feminina inspirada no universo sofisticado e luxuoso da Place Vendôme.  O frasco do perfume/joia foi encomendado ao designer Joel Desgrippes que se inspirou nos anéis contemporâneos da marca.

Boucheron blog anasuil

O frasco era trabalhado em cristal de rocha tinha ornamentos que formavam linhas paralelas esculpidas em relevo. O design harmonizava com a tampa azul da Birmânia, representando o azul intenso das mais belas safiras do mundo combinadas à riqueza do ouro e a pureza do vidro, com linhas suaves e curvilíneas.

Em 1991 foi o ano do lançamento do primeiro perfume masculino BOUCHERON POUR HOMME. O frasco de linhas sóbrias e masculinas que interpretava os códigos da marca possuía tampa que remetia ao cabochão de safira.

Jaipur

Boucheron Jaipur - blog anasuil

Quando JAÏPUR foi lançado fazia referência ao mundo de cores intensas e cintilantes das pedras preciosas e do charme do Oriente, com todos os seus mistérios e encantos.

A fragrância, um buquê floral inebriante trazia o toque frutado do pêssego, do damasco e da ameixa combinado com acordes florais frescos da rosa imperial e do almíscar branco. Seu frasco luxuoso e feminino era inspirado no bracelete indiano que era oferecido às noivas, como símbolo de felicidade no casamento.

Em 1999 foi o lançamento do perfume feminino JAÏPUR SAPHIR, uma fragrância floral amadeirada, com notas de pêssego branco, cardamomo, espinheiro e benjoim. O frasco azul, em formato de um bracelete trazia uma pedra no topo.

Novos horizontes

Em 2000 o Grupo Gucci comprou a tradicional joalheria. Desde então, sob o comando do conglomerado de luxo Kering (antigo PPR). No mesmo ano foi lançado o Perfume Initial, num frasco que relembrava a suavidade das curvas femininas.

Trouble, Boucheron, blog anasuil

Em 2004 a Maison Boucheron lançou TROUBLE, inspirado nas mulheres apaixonadas e imprevisíveis, que quebram tradições e rompem tabus. As cores são sedutoras, como o rubi, tão arrebatador e vibrante, a cor da tentação.

Os perfumes inspirados na coleção de joias

Boucheron-quatre-pour-femme-perfume

O Lançamento do anel QUATRE, que combinava design excepcional com vários tipos de ouro montados com larguras variáveis e cravejados de diamantes, se tornou um dos símbolos da marca. Depois vieram as edições de 2011, batizada de White Edition. Na edição de 2012 trazia o simbólico anel com ouro negro e ouro branco.

SL21_PP_BOUCHERON_QUATRE_USE_THIS_PIC

Nos anos seguintes, associando os frascos às formas de suas joias, os lançamentos inspiraram-se nas pérolas, diamantes e metais preciosos. Assumiam as mais sofisticadas formas de anéis, braceletes e relógios.

O lançamento do perfume feminino Miss Boucheron foi inspirado nas mulheres sofisticadas e determinadas. Com um irresistível toque de extravagância.

perfume-boucheron-place-vendome-edp-50ml

Em 2013 foi lançado perfume PLACE VENDÔME, uma fragrância floral que erradia sensualidade e luxo. A mulher Boucheron Place Vendôme surge de uma luz branca. Bela, independente e autoconfiante emana uma aura que brilha ao seu redor.

O frasco faz uma homenagem aos artesãos  da Boucheron   que magistralmente trabalham o vidro  em linhas arredondadas e volumosas  transformando-o num talismã.

O Cabochon, pedra emblemática e símbolo da casa, está sempre presente em todas as criações. Sua suavidade revela o lado misterioso, e se converte num espelho para a mulher não se revela à primeira vista.

Novos perfumes

Concebido pelos perfumistas da Givaudan Quentin Bisch e Nathalie Gracia-Cetto, criadores de outras fragrâncias da marca, Boucheron Fleurs é uma composição floral. Mais transparente, mais moderna, mais alegre, mas igualmente preciosa.

Boucheron Fleurs

As notas de topo revelam um duo de tangerina e limão adocicados com suco de pera. A flor de laranjeira dá-nos toda a sua sensualidade no coração, misturada com flores de frangipani. Uma base de baunilha e benjoim termina a composição.

Legado de arte e sofisticação

Quando se fala em joias e perfumes, a marca Boucheron sempre se destacou por criar as joias mais sofisticadas e os perfumes mais envolventes. Isso graças ao trabalho árduo que combina a ousadia e a elegância, que se percebe em cada uma das suas criações.

Boucheron

Em mais de 150 anos com criações sofisticadas a Casa Boucheron se mantém absoluta. Atrai os apaixonados pelo design, pelo luxo e pela sofisticações oferecendo objetos únicos. São joias, perfumes e acessórios que estarão para sempre presentes nas coleções ao redor do mundo.

Boucheron Place Vendome

Atualmente a marca continua a conquistar os clientes mais exigentes com as criações mais belas e preciosas do mundo. O design é moderno e contemporâneo, transmitindo o seu legado para as futuras gerações.

Boucheron: a história de um aprendiz apaixonado por joias
5 (100%) 1 vote

DEIXE UM COMENTÁRIO

A Arte em frascos de Perfume
Anasuil Foto

Por vezes ouvi que sou muito criativa e visionária no universo da perfumaria, no qual tenho mais de 30 anos de experiência. Hoje, estou à frente da marca própria AnaSuil e continuo à frente das lojas Suil, Vent Vert e Calèche. Neste blog trago os temas de perfumes, casa, beleza, detalhes, lançamentos, clássicos e experiências. Tudo sob o olhar atento das mulheres 50 Bem +, um mundo do qual me orgulho por fazer parte. Espero ter você aqui comigo sempre!

Anasuil

São Paulo | Brazil