24 out 17

Givenchy e Audrey Hepburn: uma história encantadora

Givenchy e Audrey Hepburn: uma história encantadora

Givenchy e Audrey Hepburn são duas lendas na moda, são clássicos. Algumas histórias são escritas de encontros inesperados como a alta costura e a perfumaria. A casa Givenchy é um destes exemplos, que através de uma amizade nascida do acaso transformou sonhos em realidade.

Hubert de Givenchy nasceu em Beauvais, na França. Aos 17 anos foi para Paris, onde ingressou no curso de Bellas Artes. Grande admirador do famoso couturier Cristobal Balenciaga, Hubert trabalhou como aprendiz no ateliê de Jacques Fath. Posteriormente com Lucien Lelong e Elza Schiaparelli.

Carreira solo

Com apenas 24 anos iniciou a sua carreira solo, e não demorou muito para conquistar fama internacional. Nascia assim a marca Givenchy. Conhecida pelo estilo elegante e refinado que ficou marcada para sempre entre os grandes a alta costura.

hubert-de-givenchy-e-audrey-hepburn-givenchy-blog-anasuil

Givenchy: a história com Audrey Hepburn

Em 1952, Hubert conheceu a jovem atriz americana Audrey Hepburn, e para ela desenhou um vestido preto usado no filme Charade. Este vestido se tornou um clássico copiado em todo o mundo. Dois anos mais tarde, Audrey estava iniciando as filmagens de Sabrina. Uma vez mais Hubert foi convidado para criar o figurino da atriz. A partir de então, Hubert passou a vestir a atriz em todos os seus filmes e na vida real. Audrey tornou-se a musa inspiradora e sua grande amiga. A amizade entre eles foi decisiva para a carreira de Hubert.

Givenchy e Audrey 1 Givenchy-e-Audrey-3

Primeiro perfume de Givenchy

Em 1957 seguindo os passos de outros couturiers, Hubert decidiu criar seu primeiro perfume, dedicado exclusivamente para Audrey, porém Hubert decidiu lançá-lo comercialmente. Em protesto Audrey declarou: – C´est interdit (é proibido), porque este é o meu perfume!” e este foi o nome escolhido. L´Interdit, um Floral Aldeído com toque de pimenta e cravo da Índia. Um grande clássico elegante como a própria Audrey que esbanjava romantismo, sofisticação sensualidade.

Givenchy-e-audrey-blog-anasuil

Dois anos mais tarde foi lançado o perfume masculino Monsieur Givenchy. Somente 10 anos mais tarde Hubert lançou seu segundo perfume feminino: Givenchy III. Em 1975 foi lançado um perfume masculino, Gentleman, inspirado na elegância do próprio Hubert. Nos anos 80, novos perfumes foram lançados: Ysatis e Amarige, em 1996 Organza e Tartine et Chocolat, uma fragrância infantil.

Louis Vuitton

Anexado ao grupo LVMH desde 1988, a marca Givenchy ficou sob a direção artística  de Hubert Givenchy até 1995. Ele foi sucedido por jovens designers como John Galliano, Alexander McQueen e Julien Mac Donald, que abriram o caminho para Riccardo Tisci que assumiu a direção artística da marca em 2005, e que com seu talento manteve as características do seu criador.

Givenchy e Audrey 2

Em 2007, para celebrar os cinquenta anos de existência, a marca Givenchy relançou dez de seus perfumes clássicos masculinos e femininos. A coleção Les Parfums Mythiques, que está em perfumes como L´Interdit, Vétyver e Givenchy III.

Em 2018, Givenchy morre em sua casa, dormindo, no dia 12 de março. Uma vida e tanto, uma história encantadora e um legado imenso para a história da moda.

Compre perfumes Givenchy no Shopluxo.

Givenchy e Audrey Hepburn: uma história encantadora
4.5 (90%) 2 votes

DEIXE UM COMENTÁRIO

A Arte em frascos de Perfume
Anasuil Foto

Por vezes ouvi que sou muito criativa e visionária no universo da perfumaria, no qual tenho mais de 30 anos de experiência. Hoje, estou à frente da marca própria AnaSuil e continuo à frente das lojas Suil, Vent Vert e Calèche. Neste blog trago os temas de perfumes, casa, beleza, detalhes, lançamentos, clássicos e experiências. Tudo sob o olhar atento das mulheres 50 Bem +, um mundo do qual me orgulho por fazer parte. Espero ter você aqui comigo sempre!

Anasuil

São Paulo | Brazil

Instagram