11 abr 19

Madame Carven, a grande dama da Alta Costura

Madame Carven, a grande dama da Alta Costura

Madame Carven é originalmente Carmen de Tommaso. Nasceu em 1909, em Châtellerault na França. Mesmo tendo estudado design de interiores e arquitetura na École des Beaux-Arts, foi na moda que seu nome ficou conhecido.

E seu primeiro contato com o universo da moda aconteceu de forma curiosa. Por ser uma mulher de estatura baixa (1,55 m de altura), ela tinha dificuldade de encontrar roupas. Foi então que decidiu se aventurar no mundo da moda, criando seus próprios vestidos.

Arte

Carmen era uma mecenas das artes. Especialmente depois de seu casamento com René Grog, um colecionador de antiguidades. Juntos, eles doaram uma coleção de objetos decorativos do século 18 para o Museu do Louvre.

madame-carven-corbis

O primeiro êxito de Madame Carven, como ficou conhecida no mundo da moda, foi um vestido de Verão listrado de verde e branco. Segundo ela, valorizava as mulheres de estatura pequena. Assim, o batizou de “Ma Griffe”, que posteriormente transformou-se no símbolo da sua marca.

Maison Carven

Em 1945, ela fundou a sua Maison, que ficava Rua da Rond Point no número 6, no Champs Elysées, em Paris. A Maison Carven tinha uma decoração elegante, onde predominavam as listras em verde a branco, que passaram a ser a marca registrada da Casa Carven. O nome Carven é o resultado da junção do seu nome Carmen com o sobrenome de sua tia que a introduziu na alta-costura, Boyriven.

13703697365_20c9868748_k

Carmen foi a primeira a apresentar os desfiles das suas coleções fora da França. E era nestas viagens que ela se inspirava para criar suas coleções. Muito além de seu tempo, inspirada no cotidiano de suas clientes, Carmen soube identificar o que as mulheres queriam vestir.

Ela quebrou paradigmas numa época em que a alta costura imperava. Afinal, acreditava que era possível confeccionar roupas de qualidade com um preço bem mais acessível e estava certa: o sucesso foi imediato. Madame Carven participou do movimento de estilistas que tornaram a moda mais simples através do prêt-à-porter.

MADEMOISELLE CARVEN AJUSTANT LA ROBE DE MARIEE DE SON DEFILE EN

Ma Griffe, perfume clássico da perfumaria francesa

44586843_1945871669040345_223762052984412003_n

A Maison Carven já era um nome conhecido no mundo da moda quando um empresário decidiu investir na marca. Assim, Ma Griffe se transformou em perfume. O lançamento ocorreu em 1946, as vitrines das perfumarias se encheram de vida decoradas com as listras de Ma Griffe.

Lançamento de perfume inovador

A campanha de lançamento foi muito inovadora e inusitada para a época: um pequeno avião sobrevoou o centro de Paris lançando pequenos paraquedas de tecido listrado de verde e branco com amostras do perfume. Ma Griffe simbolizava a modernidade, frescor e juventude, simbolizava também um mundo novo do pós-guerra.

Perfume Ma Griffe

Edith Piaf entre as clientes

A Maison Carven, que chegou a vestir estrelas como a cantora Edith Piaf, estava sempre inovando. Tanto que em suas coleções nos anos 1960, Madame Carven introduziu motivos étnicos em suas estampas. No mesmo período, desenhou os uniformes das comissárias de bordo da Air France. Em 1976 foi a vez da equipe de atletas franceses ganhar os uniformes criados por ela para os Jogos Olímpicos de Montreal.

edith piaf carven

Vendas no avião

Com uma visão de empreendedora, Madame Carven fechou um contrato com a Air France e seu perfume Ma Griffe passou a ser presenteado para as mulheres que voavam na primeira classe. Depois do sucesso da ideia, os perfumes, juntamente com as outras mercadorias, começaram a ser vendidos isentos de impostos a bordo dos aviões.

vendas no avião Carven

Carven foi a primeira marca de perfumes a aderir a esta prática, na época outras marcas acharam que seria muito deselegante oferecer seus produtos em aviões. Isso garantiu a Madame Carven um contrato exclusivo de dois anos com a Air France. Ao fazer isso, ela fortaleceu sua marca, transformando-a numa das empresas de perfumes de maior sucesso no país.

Vetiver

Doze anos após o sucesso de Ma Griffe, Madame Carven lançou Vetiver, uma fragrância masculina que se tornou um clássico. “Gosto de tudo que tenha a cor verde – a natureza, as árvores e o mar. É uma cor que traz felicidade”, declarou, certa vez. Vetiver é fresco, com notas de limão e alfazema.

Vetiver, da Carven

Seu êxito inspirou outras marcas a criarem seus perfumes de Vetiver, usando o mesmo nome, ou com uma ortografia diferente. Madame Carven lançou depois outros perfumes: Robe d`um Soir, em 1948, Chasse Gardée em 1950, Vert e Blanc em 1958, Madame em 1980 e Guirlandes em 1982.

Recessão

A Maison Carven se manteve várias décadas de sucesso, antes de passar por uma recessão nos anos 1980 e 1990. Desde então, a marca passou por muitas mudanças em sua gestão e direção criativa. Em 2001, Carmem doou todas as suas criações para o museu Galliera em Paris, especializado em história da moda. Por todo o seu empenho em manter viva a tradição da moda francesa, recebeu do governo francês o título de comendadora da Ordem Nacional da Legião de Honra.

A Maison Carven entra na modernidade

Carven

Em 2010, a Maison Carven ficou em evidência quando Alexa Chung, editora da Revista Vogue Britânica, foi fotografada com um vestido Carven que virou objeto de desejo das fashionistas. Beyoncé, Gwyneth Paltrow e Victoria Beckham fizeram parecido.

Morte de Carmen

Madame Carven morreu em 2015. O representante do novo proprietário, o grupo chinês Icicle, afirma que pretende manter o DNA da marca tão importante para a manutenção de seu sucesso. Carven perfumes lançou durante toda a sua existência 28 perfumes.

Desde a sua criação, a marca tem contribuído para a preservação da cultura, representa arte e joie de vivre, pois seu legado não pertence somente ao patrimônio da França, pertence ao patrimônio mundial.

(FILES) A picture taken on January 11, 2002 shows Madame Carven, founder of the Carven fashion house, posing with her dog Naza at her house in Paris. Carven, a driving force in taking France's postwar fashion international, died on June 8, 2015 aged 105, a spokeswoman for her foundation told AFP. AFP PHOTO / JOEL SAGET

Crédito: JOEL SAGET

Conheça dois Best Sellers:

Carven L’eau Eau de Toilette

Floral fresco almiscarado tem pureza e luminosidade, leve como um vestido de verão. Carven L’Eau de Toilette é um sopro de leveza na perfumaria. Foi inspirado em cortes elegantes do estilo urbano, sem deixar a simplicidade de a mulher parisiense ser esquecida.

Carven Vetiver Eau de Toilette

0ae63e45963cf936352a72f3df18c74d

Com embalagem repaginada, conta agora com uma silhueta moderna e atemporal. Extremamente sofisticado e glamoroso! Carven Vetiver continua com sua fórmula original, mantendo as especiarias naturais e o seu frescor único. Inspirada no homem parisiense, essa fragrância é perfeita para quem explora suas próprias emoções. Compre aqui.

Leia ainda: Carven L’Absolu para os dias de outono

Madame Carven, a grande dama da Alta Costura
5 (100%) 3 votes

DEIXE UM COMENTÁRIO

A Arte em frascos de Perfume
Anasuil Foto

Por vezes ouvi que sou muito criativa e visionária no universo da perfumaria, no qual tenho mais de 30 anos de experiência. Hoje, estou à frente da marca própria AnaSuil e continuo à frente das lojas Suil, Vent Vert e Calèche. Neste blog trago os temas de perfumes, casa, beleza, detalhes, lançamentos, clássicos e experiências. Tudo sob o olhar atento das mulheres 50 Bem +, um mundo do qual me orgulho por fazer parte. Espero ter você aqui comigo sempre!

Anasuil

São Paulo | Brazil